dscn5385

 

Eles são nosso alicerce, nossa base. São eles que conduzem nossos passos até o santo altar. Também são tidos como vilões, quando nos machucam sem dó nem piedade. Mas, na grande maioria das vezes, nos levam à felicidade.

Estou falando dos sapatos meninas. Eles são os responsáveis por nos levar até o altar. Dps seguram “as pontas” durante a festa inteira (o que não é nada fácil!). Então porque não dar um pouco mais de atenção pra esse acessório que, na verdade, deveria ser considerado como fundamental.

Um erro comum é pensar em não investir muito no sapato com o velho conceito de “o vestido cobre e ninguém vai ver”. Hem!? Se a gente pensar dessa forma, não vamos se quer investir em uma bela lingerie, né? Outro erro que envolve o “bichinho” é dizer “vou comprar colorido porque posso usar depois”. Se você é daquelas noivas que amam cor e se identificam com sapatos coloridos, ótimo! Invista mesmo nessa ideia. Agora, se você é do tipo clássica e não vai comprar um sapato tradicional para não deixá-lo guardado, aí tá tudo errado. A gente sempre deixa pra pensar nesse assunto só no final de tudo. Depois que estamos com quase todos os fornecedores definidos, com nossos mimos resolvidos, vestido escolhido… Aí sim, a gente para e pensa nesse amigão, não é verdade? Mas não precisa ser assim. Vamos ver?

sapato18

O sapato do seu casamento é uma peça especial e não pode ser visto como descartável. Veja, o buquê que usado no dia do seu casamento, logo terá que ser descartado porque as “rosas não falam, apenas exalam perfume…” e logo morrem. Aí você pode dizer: “Posso desidratar meu buquê e guardar para sempre” o que é verdade, mas nunca mais ele estará do jeitinho que foi usado em seu grande dia, concorda?

O conceito do “sapato de casamento” precisa ser repensado. Ele deve seguir uma linha semelhante ao do vestido que a gente guarda por gerações e é usado pela sua descendência direta ou indireta. A sua filha pode usar seu vestido e conservar o modelo original, ou pode fazer uma reforma (preservando a identidade do modelo, claro) e isso dá um novo sentido à esse vestido. Com o sapato não pode ser diferente. Ele precisar ser visto como peça única. Usado para um momento único e mágico. Imagine Sua filha ou sua neta casar usando o mesmo sapato que você usou quando subiu ao altar? Já pensou? Nossa! Que emoção!

sapato-madalena

E como fazer a escolha certa do sapato? Preparei algumas dicas simples e funcionais para você!

  • Prime pelo conforto. Não há nada mais deselegante que um sapato desconfortável. Estar linda, mas cheia de calos e dores nos pés em nada combina com o sentimento de felicidade que envolve o seu “SIM”.
  • O segundo passo é respeitar o fator altura. Procure estar alinhada à altura do seu amor (leve em consideração o penteado escolhido, pois dependendo do tal penteado, você vai aparentar estar ainda mais alta).
  • Outro fato a ser considerado e que, muitas vezes é esquecido, é o tipo de salto. Sim porque se você ama salto baixo, não será no dia do seu casamento que vai aprender a andar com salto alto, certo? Imagine a cena… Nada recomendável.
  • O contrário também funciona, ou seja, se você é do tipo que faz a linha nas alturas, por que optar por um salto baixo? Vai “frustar” seu andar, certamente.
  • Se desprenda de marca. A qualidade alinhada ao conforto deve prevalecer. Estar linda e poderosa usando um sapato de grife (carísssimo!) e ficar segurando as lágrimas de dor nos pés, não combina com uma noiva linda e feliz.
  • Esteja com seu “par perfeito” antes da escolha do seu vestido e leve-os com você em todos os lugares que você for provar o vestido porque, só assim, a ideia real do “look noiva perfeita” estará completo. Sem contar que, já ter o sapato em mãos antes do vestido, evita ajustes desnecessários.
  • Se o vestido escolhido é branco, sapato branco pra ele. Se off-white, idem. Distante um do outro, branco e off-white parecem a mesma cor, porém quando estão próximo, fica perceptível essa diferença e dá a impressão que um ou outra está “sujo”. Isso para optou pelo look tradicional, claro.
  • Se resolver usar um sapato de cor, procure combinar com seu buquê (que em nada tem haver com a decoração da festa. Lembre-se, você não é parte integrante da decoração.) Mas se preferir cor, sem ter que combinar com o buquê, corra para um prata ou dourado e deixe a combinação por conta das jóias. Ex: se seus brincos são dourados, sapato dourado.
  • Compre seu sapato com bastante antecedência. Essa ação, além de lhe ajudar na escolha do vestido, vai lhe proporcionar tempo para se “acostumar” com eles. Use-os ao menos uma vez na semana e “desfile” em casa para seu pé “entender” o molde do sapato e adaptar-se ao mesmo.

sapato1

Pronto, de posse dessas dicas, fica fácil escolher seu sapato de noiva, né? Quero ver todas as noivas do Brasil em cima do salto (alto ou baixo), mas lindas e felizes, sempre. Bjs

Sugestão: www.dimarianoivas.com