05 DICAS PARA PLANEJAR O SEGUNDO CASAMENTO

Planejar, organizar, imaginar os mínimos detalhes da cerimônia… Toda emoção do casamento outra vez… É hora de recomeçar! Mas será que os preparativos de uma segunda união é igual ou semelhante a da primeira? Há quem diga que é exatamente igual ao primeiro “sim”, outros dizem que concordam com a citação bíblica onde está escrito: “a glória da segunda casa é maior que a da primeira” (Ageu 2,9) e vivem os preparativos com mais intensidade, mas há também os que não “se empolgam” e comentam que é menos emocionante que a primeira “trajetória”.

Independente das emoções e ações envolvidas nos preparativos da segunda cerimônia. Elaborei algumas dicas que podem lhe ajudar, caso esse momento seja necessário, afinal recomeçar faz parte da vida e cada novo começo é uma chance de ser feliz!

 

EQUILIBRE AS EXPECTATIVAS: Em outras épocas, famílias tradicionais não apoiavam uma nova festa ou cerimônia após o primeiro casamento, especialmente quando envolve muito glamour, mas nos dias atuais os conceitos estão bem diferentes e essas mesmas famílias já aprovam e até participam, efetivamente. Respeitam o desejo do casal e já apoiam a decisão dos nubentes.

No entanto, não existem “contraindicações”. A comemoração pode ser simbólica, simples ou cheia de pompas. A vontade e o bolso dos noivos decidem. Só não vale é fazer “das tripas coração”, esquecer o controle das finanças e um fazer festão sacrificando a saúde financeira da família, tá?

No geral, o conselho é que a celebração da segunda união seja mais informal, com um toque de sobriedade. Porém, nada impede de festejar em alto estilo. Na verdade, depende muito do nível de felicidade intrínseco nesse ato.

DICA: Caso o casal ou uma das partes não consiga a nulidade do primeiro casamento na igreja, a sugestão é optar por uma celebração afetiva em um espaço neutro como, praia, casa de festa, granja, residência e afins. Para a benção, contrate um(a) celebrante que possa oficializar essa união. Seja apenas simbólica ou com efeito civil dada em conformidade a lei, a presença de um celebrante e casamento pode transformar esse momento em algo ainda mais especial.

TRAJES INDICADOS: Ter um segundo casamento não é motivo para insegurança, contudo, as escolhas precisam ser conscientes e proporcionais, de acordo com a circunstância planejada.

A ocasião deve ser muito festejada, mas, para evitar deslizes, aposte em modelitos mais sóbrios que costumam ser sinônimo de elegância.

Preze pelo conforto, considerando o seu biótipo. Escolha um estilo de corte que valorize seus pontos fortes e favoreça seu bem-estar.

Outra coisa: o fato de ser uma segunda união não quer dizer que você não possa usar um vestido de noiva tradicional. Pode e deve se assim for o seu desejo. Inclusive, você pode até optar por outra cor que não branco, viu? Esse novo momento é seu e só seu. Vista-se da maneira que você se realizar enquanto noiva.

Os tons mais suaves como pérola e off-white, são os preferidos, mas a paleta de cor está aberta e as possibilidades são infindas. Tons de Mocca, pele, rosé e nude fazem parte das escolhas de todas as noivas, sejam as de primeira ou segunda união.

Em tempo passados, o branco estava reservado as noivinhas de primeira união, porém hoje esse conceito está totalmente obsoleto e a cor branca não se aplica mais a esse propósito. Não deve mais haver restrição alguma para uma futura esposa de segunda viagem.

No entanto, Gloria Kalil, consultora de estilo, moda e comportamento, defende outro ponto de vista. Segundo ela, “nada de branco nem vestidos juvenis vaporosos. Véu e grinalda também não é recomendável e podem ser substituídos por uma flor nos cabelos”.

E você, o que acha? Vale os conselhos de uma especialista conceituada ou prevalece o desejo do seu coração e a realização do seu sonho? Sem querer gerar polêmica… Eu digo: Siga o seu coração, sempre.

Independente da idade dos noivos, a regra básica é ter nexo: trajes em harmonia com o temperamento do casal, formato do rito, incluindo local e horário.

DECORAÇÃO PARA FESTA DE SEGUNDA UNIÃO: Depois de resolver o estilo da festa, cuide melhor de pequenos detalhes, como as flores. Faça sua escolha em função do horário da solenidade. Se desejar, use a simbologia das cores para definir o tom da festa.

No mais, a regra é a mesma usada para todos as celebrações: luz adequada, música ambiente confortável, ar-condicionado na medida, equipe de garçons impecável, boa comida, cores harmoniosas… Uma boa dose de carinho e leveza nunca é demais para deixar fluir a emoção!

CONVITES: A tradição de colocar os nomes dos pais deve ficar na boda antecedente. Pra essa ocasião, os próprios noivos convidam.

LISTA DE PRESENTES: é indicado não fazer lista, deixando a critério dos familiares e amigos o que eles desejam presentear, principalmente se eles já estiveram no casamento anterior.

Um enlace novinho em folha pode ocorrer em várias fases da vida, e cada instante é único para quem o vivencia. Avalie com calma e criatividade os pormenores, do convite ao modelo do vestido, tenham eles um ar mais sóbrio, mas não abra mão da leveza e juventude que só os corações apaixonados possuem.

É óbvio que, após o primeiro casório, novas comemorações têm uma pitadinha extra de maturidade, e nunca serão iguais às anteriores. Ainda que não existam certas regrinhas, o ritual deve refletir a passagem do tempo.

Pra finalizar, reflita e entenda que, se não rolou para a vida inteira, rolou pelo tempo necessário. Nem sempre as coisas acontecem como esperávamos, o que não significa que a experiência foi vã. Pelo contrário! Pense na experiência que você agora carrega na sua bagagem. Olhe para os momentos bons e as coisas boas que essa primeira união agregou. Nada é em vão. Tudo tem um porquê e no final… Tudo dá certo! A vida lhe deu uma nova chance de ser feliz, viu? Aproveite!

Perceba que virar a página e encontrar um amor é trazer de volta o brilho no olhar, a respiração alterada pela alegria, as borboletas no estômago, o ânimo para realizar nossa missão nesse mundão cheio de oportunidades e desafios.

É preciso ter coragem e entusiasmo para buscar a felicidade. Algumas pessoas não esgotam a vontade de compartilhar afeto e atenção. Permita-se uma segunda, terceira, quarta tentativa ou mais até… Priorize a felicidade do seu espírito e busque o melhor para você todos os dias de sua vida.

“Começar de novo e contar comigo vai valer a pena…”, diz a música do cantor e compositor Ivan Lins. Então, recomece e acredite que vai valer a pena sim!

Beijo grande!